Ms. Fernanda Robert de Carvalho Santos Silva
Psicoterapeuta Comportamental

R. Dos Tamanás, 72 - Vila Madalena - São Paulo.
celular: (11) 99865-7180
e-mail: frobert_c@yahoo.com.br
e-mail 2: fernandarcss@gmail.com
skipe: fernanda.robert
twitter: @fernandarobert

Cel. Francisco Andrade Coutinho, 09 Cambuí-Campinas
Celular: (19) 98351-3221

05/10/2009

Prostatectomia Radical - câncer de próstata e sexualidade masculina


No XII Congresso Brasileiro de Sexualidade Humana - Interdisciplinariedade e Saúde Sexual, a mesa redonda: Sexualidade Masculina na tarde de hoje trouxe várias informações importantes a respeito da Prostatectomia Radical (câncer de próstata) apresentada pelo Dr. Sidney Glina (Urologista).

Segundo Glina, toda prostatectomia interfere na função sexual masculina!! Não se pode tratar apenas o câncer, é preciso olhar seu impacto  na sexualidade e explicar ao paciente as conseqüências da cirurgia.

Como conseqüências foram destacadas:
  • alteração do desejo sexual;
  • impossibilidade definitiva de ejaculação (devido à retirada da próstata e rompimento dos nervos que cruzam a uretra);
  • disfunção erétil;
  • incontinência urinária.
A impossibilidade de ejaculação impacta diretamente na fertilidade masculina, trata-se de um processo irreversível!!! Para os homens jovens que apresentarem a doença é recomendado pelo médico congelar o semem antes da cirurgia; caso tenha o desejo de ter filhos. Após a cirurgia existirá a sensação psicológica da ejaculação, mas não a resposta física (ejaculação seca).

Os pacientes depois da cirurgia apresentam disfunção erétil; seu restabelecimento, quando possível, pode chegar a dois anos. Variáveis como: idade do paciente, tamanho do tumor e diagnóstico precoce interferem no prognóstico positivo do tratamento. Para aqueles que não conseguirem reverter o quadro com tratamento urológico e psicoterapeutico o único caminho é a prótese penina (recomendada para homens mais idosos, acima de 55 anos).

Na presença de incontinência urinária, o homem urina ao ter orgasmo. Isso gera desconforto e dificuldades na relação a dois; sendo importante o uso de camisinha nas relações sexuais.

Para você homem vale buscar entender um pouco mais dos impactos dos tratamentos urológicos em sua sexualidade! Uma postura preventiva em relação a sua saúde só te trará benefícios. Nesse caso adiar pode custar muito para você e sua sexualidade! Cuide-se!

Parceria vale entender um pouco mais o câncer de próstata e suas conseqüências para a sexualidade de seu parceiro, visto que impactam diretamente na sexualidade do casal (física e emocional). Cuide de seu parceiro!

7 comentários:

  1. Anônimo26/6/10

    Muito interessante seus esclarecimento. Mas gostaria que esclarecesse uma dúvida. Meu esposo fez prostaté radical aos 44 anos,hoje tem 6 meses de cirugia. Ele queixa muito de dor e ardencia anal, a incontinencia ainda é presente, e com consequencia a impotencia sexual.Esperamos ansiosamente pela resposta, se podera obter melhora ou não.O sangramento anal já melhorou mas ainda queixa muita dor. É normal mesmo?

    ResponderExcluir
  2. Caro Leitor,
    Obrigada pelo comentário.

    Gostaria de esclarecer que toda prostatectomia tem impacto físico e emocional. Esses podem ser mensurados com uma avaliação urológica e psicológica. Os sintomas relatados podem ocorrer após uma prostatectomia.
    Considero essencial que vocês conversem com a equipe médica responsável pela cirurgia de próstata dele. Sem conhecer os detalhes do caso não há como fazer um diagnóstico e/ou emitir uma opinião precisa. Caso tenha interesse, posso passar o contato de alguns profissionais.
    Meu e-mail: frobert_c@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  3. Anônimo26/8/10

    Dra. Fernanda Robert,

    Admirei a clareza dos esclarecimentos e a linguagem simples e possível de entendimento
    de qualquer leigo.
    Além do citado, prcebe-se claramente que se trata de médica de grande competência e profissionalismo sensível e solidário.
    Parabéns Doutora e que Deus a ilumine sempre.

    Um Anônimo simpatizante.

    ResponderExcluir
  4. Anônimo28/11/10

    existe alguma forma de tratamento em relação a falta de esperma na hora da ejaculação, pois fui submetido a cirurgia de prostata radical, e será que estarei seco pra sempre, me ajude, obrigado.

    ResponderExcluir
  5. Anônimo10/6/12

    Espero que esse depoimento possa ajudar muitas pessoas ,.....Depois dessa cirurgia temos que reavaliar nossa vida, como o meu casamento foi baseado sempre no Amor...Fidelidade ..e cumplicidade, estou tirando de letra ,pois amo e meu marido e levo a certeza que ele sempre foi fiel a mim e o nosso amor é reciproco ,e temos o espirito Santo de Deus acampado ao nosso lado todos os dias e como anônima eu me identifico como Esperança Deus Amor foi o meu slogan durante todo o processo das três procedimento que ele teve que fazer depois da cirurgia pois teve estenose uretral ......meu marido tem 58 anos esta com seis meses que fez a cirurgia esta com incontinência urinaria, mas mesmo assim sente orgasmo sem grandes ereção, nesse seis meses ouve penetração....mas me sinto uma mulher realizada pois gosto de sexo oral...e ele sempre brinca enquanto tiver língua e dedo de mulher não tenho medo, uma coisa eu falo a mulher e de grande importância nessa etapa , sempre crio fantasias sexuais falo que sou uma mulher diferente a cada dia , visto roupas sensuais e provocar o meu marido com 50 anos de idade.... pois antes só a minha juventude me bastava hoje pesquiso tudo que apimente a nossa relação e com muita fé em Deus temos encontrado meios ,ja que ficamos juntos 24 horas pois ele é aposentado, se existe amor consegue vencer todas as barreira principalmente quando seu marido te ama e faz de vc uma verdadeira mulher para o homem é difícil começar a entender que masculinidade não esta só em um orgão duro esta na sedução, nas caricias e principalmente no amor verdadeiro, existe tantas maneira de fazer o parceiro chegar o orgasmo e sentir prazer sem ao menos tocar ou esta com o pênis duro isso o casal tem que procurar formas que agrade os dois , pois não a nada mais frustrante que vc fazer algo que vc não gosta ,mas a partir do momento que vc encontra formas e rituais tudo passa a ser normal em sua vida... caras amigas abuse da criatividade dos gel , massagens , musicas danças sensuais ....Seja uma vencedora para honra e Gloria do Nosso Deus e nossos maridos sem próstata....Ass. anônimo ......................................EDA

    ResponderExcluir
  6. Anônimo30/11/12

    sou casada a 40 anos, meu esposo passou pela cirurgia recentemente, fiquei esclarecida com este artigo, já que o médico deixou-o frustrado, quando disse que ele poderia ter relação normalmente. a cirurgia deu-se no mês de agosto.
    Foi muito bom ser esclarecida, obrigada

    ResponderExcluir
  7. Anônimo5/3/14

    Tenho 67 anos, fiz prostatectomia radiacal, foi retirado próstata, o tomor estava no inicio, a sirugia foi bem não sinto nada.a sirugia foi dia 13/06/2013. Mais ate hoje sou impotente.Sou uma pessoa ativa, faço caminhadas, academia,me sinto muito bem, mais não tenho ereção. A minha paceira não ajuda em nada. fica totalmente indiferente. Poço tomar viagra, ou outro estimulante? Obrigado.

    ResponderExcluir